• i-PSI

Um janeiro “branco”, para colorir 2020 como você desejar!


Inspirada na "Outubro Rosa", a campanha "Janeiro Branco" surgiu em 2014, a partir da ideia de um grupo de psicólogos mineiros para lembrar as pessoas da importância de cuidarem da sua saúde mental.


Afinal, é sobretudo na virada do ano, quando todos estão fazendo suas reflexões sobre o ciclo que se encerra e planejando as metas que desejam alcançar para o próximo período, que temos a atenção voltada para a nossa saúde física e mental.


A abordagem envolvendo a importância dos cuidados com a saúde mental acontece numa sociedade cada vez mais depressiva e ansiosa. Em todo mundo, o Brasil é o país com o maior número de pessoas vivendo um quadro de ansiedade. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 18,8 milhões de brasileiros, ou seja, 9.3% da população, apresentam transtornos relacionados a ela (fobias, transtorno obssesivo compulsivo e ataques de pânico).


Como se não bastasse, somos o país mais depressivo da América Latina: 5,8% dos brasileiros sofrem de depressão, são 12 milhões de pessoas afetadas pela doença. De fato, precisamos mesmo pensar sobre isso!


Uma cor para um novo começo


E por que a cor branca? De acordo com a psicologia das cores, a cor branca nos remete à luz, à clareza, à paz, uma cor associada à calma e à tranquilidade. O branco é a somatória e sobreposição de todas as outras cores, aludindo dessa maneira, também à ideia de integração, de um ente humano pleno e harmonizado em seus aspectos físico e mental - "mens sana in corpore sano" ("mente sã em um corpo são").


Além disso, atribuir tal coloração ao mês que inaugura o novo ano sugere uma analogia com a imagem de uma folha em branco, na qual podemos escrever ou reescrever qualquer história, onde podemos começar a redigir a primeira página de um diário mais feliz e promissor de nossas vidas, com os mais variados conteúdos (experiências), registrados nas mais diversas cores (prismas/visões de mundo).


Todos nós temos conflitos internos que, se elaborados, deixarão de ser obstáculos para as oportunidades no ano que se inicia. Por isso é tão importante colocar a saúde mental como resolução prioritária para 2020: significa buscar equilíbrio para enfrentar com disposição a vida.


Dicas para cuidar melhor da saúde mental no novo ano


Certo, ninguém questiona a importância de alcançar tal equilíbrio, mas como conseguir isso? O fato é que existem algumas providências relativamente simples que podem contribuir muito para esta busca.



• Tenha uma rotina organizada: isso ajuda mente e corpo a se manterem em equilíbrio, evitando situações de estresse desnecessárias


• Não tente se comparar aos outros. A sua vida é única e nem sempre tudo é o que parece ser


• Procure dormir bem. Em média, as pessoas precisam de seis a oito horas diárias de sono. Tanto a falta como o excesso de sono são prejudiciais à saúde


• Faça exercícios físicos regularmente. De preferência, 30 minutos diariamente. Essa prática lhe ajudará a ter um sono de melhor qualidade, com todos os benefícios que isso traz. Até uma caminhada no quarteirão já faz diferença. Ao mexer o corpo, há a liberação de hormônios, como a serotonina, que trazem bem estar e ajudam no combate à depressão. E você poderá ver detalhes na paisagem que ainda não tinha percebido, escutar novas sonoridades, descobrir aromas... Parece banal, mas são situações estimulantes e revigorantes


• Faça um bom uso das redes sociais. Use-as com moderação e acesse conteúdos que lhe tragam alegria


• Varie a sua rotina, saia do automático. Faça caminhos diferentes de casa para o trabalho, vá ao cinema no meio da semana, surpreenda a si mesmo


• Reserve um tempo do seu dia só para se dedicar a você, para se auto mimar


• Quando estiver em um momento estressante, pare por alguns instantes, feche os olhos e respire profunda e lentamente, ao menos três vezes seguidas. Isso pode te ajudar a te deixar mais calmo


• Medite: você melhora o seu foco, a sua resiliência e até a sua imunidade!


• Dimensione a importância dos acontecimentos. Pare, pense e analise: isso será importante daqui a um ano?


E lembre-se: como sempre falamos, a Psicanálise pode significar um apoio valioso, na medida em que o processo analítico propicia uma conscientização maior de si mesmo, de padrões de emoção e comportamentos inconscientes. Desse modo, a pessoa consegue identificar e lidar melhor com suas emoções, desejos e anseios, desarmando transtornos que levam a fobias, compulsões, traumas, angústias e sofrimento emocional. Assim, libertando-se de medos, culpas e bloqueios, a pessoa se vê ainda mais apta e motivada para buscar a sua realização pessoal!



Jéssica Kuhn



#psicanálise #janeirobranco #saúdemental #dicas #anonovo #campanha

4 visualizações